Lusa não se classifica para semi, mas garante vaga na Série D do Brasileiro

0
1609
A Portuguesa termina a Taça Rio em terceiro lugar do Grupo C

Apesar da derrota para o Flamengo na tarde deste domingo (18), no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES), a Portuguesa conseguiu conquistar o objetivo principal neste ano: voltar ao Campeonato Brasileiro da Série D. Após combinações de resultados, os 16 pontos conquistados durante todo o Campeonato Carioca foram suficientes para a Lusa garantir a vaga em 2019.

O Campeonato Estadual de 2018 foi especial para o time da Ilha do Governador. Afinal, a Portuguesa foi a “pedra no sapato” dos clubes de maiores investimentos e chegou até ameaçar as classificações de Botafogo e Vasco para às semifinais do Estadual. Além disso, a Portuguesa voltou a vencer os principais clubes do estado, fato que não acontecia desde 1985.

A Portuguesa começou bem a partida contra o Flamengo. Concentrada e focada no objetivo de vencer, a Lusa explorava muito bem os contra-ataques. Foi em um desses que veio a grande chance no jogo e talvez a de mudar os rumos do resultado. O atacante Philip cruzou e a bola bateu na mão do zagueiro Rodolpho dentro da área. Pênalti para a Lusa que Tiago Amaral foi cobrar. O atacante da Portuguesa conseguiu até deslocar o goleiro, mas bateu no meio e com os pés Diego Alves evitou o primeiro gol da Portuguesa.

O balde de água fria veio dois minutos depois. Jogada rápida do Flamengo e Everton Ribeiro entrou sozinho para marcar o primeiro gol rubro-negro. A partida voltou a ser bem equilibrada e a Lusa criou em mais uma oportunidade de falta com o meia atacante Maicon Assis, mas Diego Alves evitou o gol da Portuguesa.

SEGUNDO TEMPO
A Lusa sabia que precisava voltar pressionando para conseguir seu gol. E Philip até tentou em chute da entrada da área, mas Diego Alves jogou para escanteio. Após os 10 minutos da segunda etapa as coisas começaram a desandar para a Lusa. Em uma jogada em conjunto, terminou com o cruzamento de Vinícius Júnior para a cabeçada de Everton, que para na mão do lateral esquerdo Adriano, que resultou em pênalti. Henrique Dourado fez o segundo, 2 a 0 para a equipe rubro-negra.

Na continuação do jogo, o zagueiro Marcão se lesionou e deixou a equipe insulana com menos um, afinal João Carlos Ângelo já tinha feito as três substituições. Com menos um homem em campo, o Flamengo fez mais dois gols, que veio dos pés de Geuvânio: 4 a 0.

A Portuguesa termina a Taça Rio em terceiro lugar do Grupo C.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here