O nosso caldeirão está quase pronto

0
335
Vista panorâmica atual do novo estádio da Portuguesa que vai abrigar, pelos próximos três anos, renováveis por mais três, os jogos da Portuguesa e do Flamengo (Foto: André Oliveira)
Por: André Oliveira/assessoria/Lusa

O Estádio Luso-Brasileiro está com as obras em estágio avançado e em breve irá receber os jogos da Portuguesa e do Flamengo no Campeonato Brasileiro. A nova Arena da Ilha, que vai abrigar 20 mil espectadores, começou a ser montada no primeiro dia de janeiro e desde lá recebe um cuidado especial de monitoramento diário de engenheiros contratados pelo Flamengo e, principalmente, dos órgãos públicos de segurança para tornar toda obra legal.

Além das arquibancadas provisórias a apenas três metros do campo, a grama foi totalmente refeita, dentro dos padrões dos maiores estádios do mundo. Os vestiários estão sendo expandidos e modernizados e, a área do setor leste do Luso-Brasileiro terá seu maior problema resolvido: o Flamengo, que já tem o aval da Rio Águas, mudará o curso da galeria pluvial que passa debaixo daquele setor. Este fato, segundo Jorge Felipe, diretor do CREA, garante a total segurança do público nas arquibancadas.

— Durante a semana correu boato de uma cratera que abriu no setor leste. Viemos aqui inspecionar as obras e garantimos que as obras estão bem feitas e revisadas pelo engenheiro responsável.

O presidente da Portuguesa, João do Rêgo, elogia a parceria feita com o clube rubro-negro. “A postura que a diretoria do Flamengo está tendo conosco é incrível.

Estão cuidando com todo carinho do Luso-Brasileiro e as obras ficarão de legados para todos os torcedores da Portuguesa”.

A Portuguesa, que não pôde contar com o estádio no Campeonato Carioca, espera ansiosamente para estrear no estádio reformado já na primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série D, que se realizará na segunda quinzena de maio. Para Marcelo Barros, vice-presidente de futebol da Lusa, jogar em casa é extremamente importante para uma boa campanha do futebol profissional.

— É aqui que vivemos nossas maiores glórias no futebol. É a tradição do nosso campo. O estádio dos ventos uivantes, como é apelidado. Nossa Lusa precisa jogar aqui, porque aqui encontra o caminho positivo para vitória e colocar terror psicológico no adversário. Queremos ele já no Brasileiro para podermos alcançar nosso objetivo deste ano, que é o acesso à Série C — falou Marcelo.

De acordo com Fred Luz, diretor-geral do Flamengo, para terminar a obra ainda faltam detalhes importantes como a pavimentação dos setores leste, norte e sul, finalizar o banco de reservas, as customizações e os vestiários, além do último refletor e as cadeiras do setor de frente para a social.

Com o estádio pronto, a diretoria Lusitana pretende fazer campanhas para lotarem o setor social do Luso-Brasileiro em dias de jogos do clube. A intenção é incentivar o morador da Ilha a ir aos jogos e apoiar o único time da região.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here