SOMOS ILHA! Escola Municipal Francisco Braga homenageia Lusa por ação social

0
474
Desenho feito pelo aluno Lucas da Escola Francisco Braga.

No dia 5 de setembro a Ilha do Governador completou 450 anos, uma data que se refere à cessão das terras ao Governador Correa de Sá em 1567. E a Associação Atlética Portuguesa tem sua história ligada com orgulho à região. A Portuguesa que teve sua primeira sede no Centro derrubada na década de 40 para construção da, hoje, Avenida Presidente Vargas, viu na Ilha a oportunidade de se fixar e se perpetuar na história do insulano.

No local onde hoje é a sede da Portuguesa funcionava antigamente um dos maiores jóqueis da cidade do Rio de Janeiro. Na época do presidente Jânio Quadros, que proibiu corridas de cavalos, foi decretado falência da atividade. Foi aproveitando deste espaço que a Lusa comprou o terreno e veio para a Ilha.
O presidente da Lusa, João Rêgo, que chegou à Ilha em 1968 pelo antigo aeroporto do Galeão, para conhecer seu pai que já morava aqui, é grato pelo carinho dos insulanos para com o clube.

O presidente da Lusa, João do Rêgo
— É uma sensação muito boa você ter um clube que é abraçado por uma região. Os moradores da Ilha gostam e respeitam a tradição e a história da Portuguesa. Temos orgulho de sempre que podemos servir à comunidade com serviços sociais e de inclusão. Desculpe nossos parceiros, mas eu sou mais minha ILHA DO GOVERNADOR!

Como prova da missão da Portuguesa em prestar serviços à Ilha, no início da semana o clube recebeu uma carta de homenagem enviada pelo colégio Maestro
Francisco Braga que agradeceu à cessão do ônibus oficial para transportar os 50 alunos para assistirem a um evento cultural na Areninha Renato Russo, no Cocotá. Parte desses alunos possuem dificuldades de locomoção e tiveram dos funcionários da Portuguesa todo o suporte e auxílio.

Além da carta, alunos da Escola Francisco Braga fizeram desenhos que registram o agradecimento e o carinho deles com a atitude do clube. O vice-presidente Marcelo Barros recebeu das mãos da diretora Angela Veríssimo as homenagens feitas pelos alunos. Para ele, essas atitudes fortalecem a união do clube com a região.

— É gratificante receber essas mensagens de carinho. São crianças que expressam seus desejos e pensamentos do fundo do coração. A Portuguesa sempre vai estender os braços para fazer da nossa região, a melhor — disse Marcelo Barros.

O vice-presidente Marcelo Barros ao lado da diretora Ângela.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here